-->

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Semeio e recultivo de orquídeas - é hora de semear e recultivar!

Olá pessoal! Agora vamos aos finalmentes desta postagem que é o semeio e recultivo propriamente dito, porem como eu montei 2 vídeos de dias de semeios relatando o processo em meu orquidário não vou escrever muito sobre a técnica que abordarei aqui, mas sim falarei de alguns pontos importantes a observar para se ter sucesso nos semeios e recultivos.


Primeiramente, temos que entender que como as sementes das orquídeas são muito pequenas e desprovidas de reserva, na natureza, para germinarem dependem da associação de fungos micorrízicos, sendo que para cada grupo de orquídeas as espécie do fungo varia. Existe então maneiras caseiras que são chamados de métodos simbióticos que utilizam macerados de raízes da planta mãe, onde se crê que contenha uma boa quantidade fungos micorrízicos e esses métodos mais antigos funcionam, mas o controle neles é mais difícil e existem outras técnicas ditas assimbióticas que são in vitro que são a base de um meio nutritivo que contenha os minerais essenciais para a planta e açucares, substituindo assim a função do fungo. É claro que os meios são um pouco mais elaborado que isso, mas não vou me prender a esse assunto aqui, pois isto já existem diversos materiais bem detalhados sobre o assunto.

Quanto a métodos de semeio in vitro existem diversas técnicas hoje em dia como uma caseira q dispensa uma câmara de fluxo laminar ou autoclave que são 2 equipamentos de laboratórios e bem caros, sendo que este método é baseado em panela de pressão para esterilizar os frascos e a seringa fazendo o papel de câmara de fluxo laminar esterilizando as sementes através de uma solução de água sanitária a 10%, porem este é um método mais trabalhoso, exige frascos de vidro e muito mais tempo para sua realização e não vo me prender a ele. Existe uma outra técnica que foi desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe, ao qual tive o prazer de aprender a fazer e hoje posso ter o prazer de ensinar. Esta técnica elimina o uso da panela de pressão e consiste no uso da esterilização química dos frascos com uma solução de água sanitária, ao qual será mais detalhada no vídeo e o mesmo uso da seringa para esterilização da sementes com a mesma água sanitária do método anterior. isso, nos permite o uso de frascos de plástico que podem ser aqueles tipos de sorvete para festas com uma tampa com uma boa vedação sendo recomendado frascos em geral de 145, 146ml dependendo da marca e posso falar que esse método é bem mais prático em termos de execução e bem mais rápido que o anterior e também a taxa de contaminação é bem menor, embora contaminação seja qual for o método empregado sempre terá, pois é natural quando se trata de semeios e recultivos. Este método se estende para o recultivo de frascos que estejam super povoados, o que antigamente era um processo exclusivo de laboratórios, mas com essa técnica foi possibilitado fazer recultivos caseiros transferindo plantas de um frasco a outro sem uso de capela de fluxo laminar se baseando na água sanitária, uma pinça, álcool para esterilizar a pinça e fogo para flambar a pinça, mas não se preocupem pois estes métodos estarão bem relatados nos vídeos no final da postagem. Segue agora algumas fotos sobre o assunto:

frasco semeado pela técnica antiga
frasco de plástico semeado pela técnica da esterilização química
detalhe de um frasco

detalhe de frascos em diferentes fases de desenvolvimento

sementes sendo esterilizadas na seringa

eu fazendo um recultivo usando como fonte de fogo uma vela

frasco com plântulas bem desenvolvidas


Então gente sabendo da existência das técnicas caseiras temos que considerar alguns pontos antes de iniciar os trabalhos. Primeira delas é o local onde serão colocados os frascos. Esses locais em geral devem ser locais que tenha alguma coisa de luminosidade indireta, mas que não seja muito intensa, podendo ser um ambiente dentro de casa próximo a uma janela, em prateleiras, ou caso possa fazer pode-se fazer estantes com lâmpadas para iluminação artificial mas sem usar lâmpadas muito fortes ou ainda como alguns laboratórios já tem feito que é cultivar os frascos com luz natural com sombreamento adequado em um ambiente semelhante a um orquidário, em fim existem vários locais para colocar os frascos, mas todos eles tem que ser protegidos de ventanias, chuvas, ter luz na quantidade adequada e de pouca movimentação de pessoas. Segue aqui algumas fotos de locais improvisados que podem ser usados em casa:

prateleira próxima a uma janela

prateleiras próxima a uma janela

estante com iluminação artificial e um temporizador que torna seu funcionamento automático

estante acesa.

já sabendo onde podemos colocar os frascos outro ponto importante é quanto a nossa segurança na execução dos trabalhos, pois estaremos mexendo com água sanitária, ao qual pode ser irritante para a pele de algumas pessoas, fora o fato que ela manha roupas, portanto, o uso de luvas e uma roupa que possa manchar ou um jaleco é importantíssimo, assim como máscaras simples para evitar que se respire próximo dos frascos para evitar ainda mais os problemas de contaminação. Quando se faz o recultivo ainda tem um outro elemento que devemos nos preocupar que é o fogo, sendo que esse sempre é bom trabalhar longe de equipamentos elétricos e evitar entrada de crianças e animais no local. Quanto a fonte de fogo a ser utilizada pode ser uma simples vela, ou lamparina a álcool ou mesmo um fogareiro a álcool ou outra fonte de fogo, sempre tomando muito cuidado para evitar acidentes.

outro ponto importante é quanto ao local de trabalho e organização da bancada de trabalho. Pois sim esse é um ponto importante pois como não se usa capela, deve-se escolher locais com o minimo de circulação de ar possível, por mais que isso seja desconfortável, mas é necessário ou se está em um ambiente com ar condicionado é sempre bom fazer a manutenção adequada de seu filtro para diminuir o número de impurezas no ar. Quanto a organização da bancada ela não segue uma regra mas deve estar de um jeito que facilite o trabalho da pessoa. Segue uma foto da mesa de trabalho:


Então gente mesmo depois de todos esses cuidados ainda assim a bendita das contaminações ocorrem, mas não precisam se chatear se contaminar um ou outro frasco, pois é natural ocorrer isso, porque isto pode estar associado a uma contaminação interna das sementes, ao qual não temos controle, ou mesmo a defeito do frasco que pode não está vendando direito ou algum ácaro que entrou no frasco de alguma maneira, em fim em geral sempre contamina uma pequena parcela de frascos o que é natural, as vezes pode ocorrer a chamada contaminação tardia também e quando esta ocorre quando as plântulas dentro do frasco já estão em tamanho de sair é possível retirá las e então depois de bem limpas passa-las para os coletivos(assunto para uma próxima postagem ainda sem data definida) sem problema algum. Então gente, contaminações sempre ocorrem agora se contaminar tudo aí realmente é porque algo saiu errado na execução dos métodos e aí para isso tem que rever tudo que foi feito até descobrir onde foi o erro.
segue umas fotos de contaminações:

Contaminação fúngica



Pois é gente agora que vimos bem os pontos é hora de colocar a mão na massa! Para concluir então essa postagem digo que ainda assim existem algumas variantes desse método que não falarei, mas é com a esterilização em microondas e a com álcool, uma vez que essas são menos práticas que a com água sanitária, embora com a mesma eficiência, mas deixarei agora vídeos que fiz relatando dias de semeio e recultivo em meu orquidário onde mostro com mais detalhe o processo e também deixo alguns links para quem quiser ler mais sobre o assunto. Então gente espero  que tenham gostado e mais uma vez quaisquer dúvida podem perguntar a mim através de alguma das formas de contato existente nesse blog que eu terei o prazer de responder. Até a próxima gente!!!


Os vídeos serão Linkados  do facebook para maior comodidade de vocês.

Vídeos semeadura:

técnica  desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe

técnica  desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe

Vídeos Recultivo de Plântulas de Orquídeas:


técnica  desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe
técnica  desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe
técnica  desenvolvida na Universidade Federal de Viçosa pelo Donizetti Tomaz, Marcus V. Locatelli e equipe

Links de interesse:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Orqu%C3%ADdea

http://mvlocatelli.blogspot.com/2008/02/polinizao-de-flores-de-orqudeas.html

http://www.webbee.org.br/singer/texto_singer.pdf

http://aprendendocomasorquideas.blogspot.com/2011/08/polinizacao-de-orquideas.html

acessem também a lista de blogs contida neste blog para complementação do assunto.

PS: comecem a ler a postagem a partir das anteriores referente ao assunto "Semeio e recultivo de orquídeas"para que a postagem faça sentido para vocês.

fui...

106 comentários:

  1. Valeu Andrew, Obrigada pelas explicações. adorei!!

    ResponderExcluir
  2. Ola Andrew gostaria de saber se vc já tentou este metodo com sementes de phalaenopsis? deu certo?

    ResponderExcluir
  3. quanto tempo leva para as capsulas de phalaenopsis madurar?
    depois de maduras quanto tempo leva para a germinação e para primeira floração dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! em geral tenho notado aqui para cápsulas de Phalaenopsis em torno de 6 meses, as vezes um pouco menos, as vezes um pouco mais e quanto a germinação assim como outras orquídeas em torno de 3 semanas a 1 mes e pouco, mas boas sementes em 3 semanas já se nota a germinação. Os híbridos comerciais de Phalaenopsis estão conseguindo plantas em primeira floração com 2 anos e meio a 3 anos e realmente Phalaenopsis é bem precoce mesmo.
      Espero ter ajudado, mas qualquer coisa só perguntar mais. Bom cultivo!

      Excluir
    2. Olá Andrew,
      Estou usando seu material para trabalhar com alunos do ensino médio. Muita agradecida pelas explicações.
      Estamos precisando de capsulas de sementes. Vc pode nos enviar pelo correio?
      Meu e-mail para passar o endereço é claudemira.lopes@bol.com.br

      Excluir
  4. Ola Andrew; iniciei a semeadura segundo a tecnica da UFV mas tenho notado que o meio começa a desidratar com o tempo; o que vc faz para evitar a desidratação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Andrew ;estou usando o mesmo pote apresentado no seu video, da marca Copobraz, e usei o filme para vedar as tampas; sera problema do pote? Qual a marca que vc usa?

      Excluir
  5. Olá
    Recebi as sementes e vamos fazer a semeadura na semana que vem. Muito agradecida! Vou te enviar as fotos. Que outras espécies vc me aconselha semear com os alunos?

    Claudemira

    ResponderExcluir
  6. Olá Claudemira! Espécies de fácil germinação e cultivo são boa parte das Cattleyas e Laelias e seus híbridos, Epidendruns, Arundina(Orquídea Bambu) e alguns Dendrobiuns.
    As Arundinas são bem interessantes, porque tem crescimento rápido e são fáceis de conseguir sementes, sempre tem algum jardim ou canteiro espalhado pela cidade com alguma Arundina com cápsula e muitas vezes com Cápsulas maduras. Vale a pena tentar encontrar uma. Boa sorte e qualquer coisa é só perguntar mais. Uma ötima semana Claudemira!

    ResponderExcluir
  7. BH/MG
    Oi Andrew,

    Quero parabenizá-lo pelo seu excelente blog que disponibiliza tantas informações para os leitores aficionados pelas orquídeas etc.
    Recentemente vi em seu blog uma matéria sobre a germinação e recultivo de sementes In Vitro de orquídea pelo método de esterilização química desenvolvido aí em Viçosa pelos Donizett Tomaz e Marcus V. Locatelli e equipe. Verifiquei que o método realmente simplifica e diminui os custos do processo In vitro em relação ao convencional. E dá acesso ao público leigo em relação a micro propagação de orquídeas. É neste ponto que penso que deverá haver maior enfase aos cuidados em executar este processo de esterilização química. Pois o uso do público leigo pode levar a acidentes ou danos a saúde do mesmo. Me refiro mais diretamente ao uso da água sanitária pura ou diluída utilizada no processo: que pode causar alergia na forma de irritação das mucosas das vias respiratórias na forma de rinites,sinusites, dor de garganta, crises de tosse, inflamação pulmonar etc: tive todos estes problemas já na segunda vez que utilizei o processo envolvendo a água sanitária - mesmo utilizando máscara (Respirador Dobrável PFF-2 (S)contra particulados e luvas descartáveis vistos no vídeo. A água sanitária é de uso doméstico, mas neste caso vejo que o agravante de se utilizá-la em ambiente fechado, temperatura ambiente aumentada pelo uso de chama constante, concentração pura em líquido (agar agar)com temperatura alta, sem dúvida aumenta em muito a concentração desta solução no ar em que se respira por longos períodos de processamento de esterilização química. Assim acredito que os danos a saúde podem vir a acontecer de imediato, ao longo do uso ou resistência de cada um a está substância química. Talvez a utilização de uma máscara contra gases ácidos e vapores orgânicos seja a solução para que se utilize o processo químico. Mesmo que no vídeo seja citada a questão de se ter cuidado - penso que seja necessária uma reiteração dos cuidados com o processo químico no tocante ao uso de máscara ou respirador "apropriado" para este uso. E que assim este inovador, econômico, simplificado e interessante processo possa ser utilizado sem receios ou danos a saúde dos que o utilizem.
    Um abraço.
    Prof. de Fotografia e amante da Natureza - Valter França.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valter França! Obrigado pela visita ao blog e desculpa pela demora em responder, pois estava bem ocupado e viajando o mês de Julho todo. Bem lembrado essa questão da segurança, embora eu tenha mencionado no material a importância da segurança o uso de máscaras para esses tipos de gases seria mais apropriado e não é um material tão caro assim e é bom também deixar claro que é interessante abrir para arejar o local de trabalho quando não estiver semeando ou os frascos tiverem fechados esfriando e só fechar quando for semear e se possível quando for fazer pausa e não estiver abrindo frascos abrir o ambiente para trocar o ar. Em fim o método é novo e eficiente, mas as melhorias em questão de segurança são sempre bem vindas e nunca é demais. Obrigado pela lembrança Valter França! Obrigado pela visita e tendo dúvidas, ou sugestões é só entrar em contato. Até a próxima!

      Excluir
  8. ola bem interresante mesmo gostaria de sabe para fazer uma esterelizaçao boa posso usar a qboa preta que ja e anti mofo? e outra os pote q compre sao de 350ml sera q da para fazer? grato valeus abroço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Desculpa a demora em responder, mas estava muito ocupado e viajando todo o mês de Julho. Quanto a qboa preta teria que testar para saber se não teria nenhuma auteração no meio de cultura, ou se iria melhorar, piorar ou manter igual a eficiência do método. ë interessante sempre se testar coisas novas mas no caso manter a mesma dosagem para iniciar. Quanto aos frascos até daria, mas as chances de contaminação ficaria muito alta, pois um frasco grande teria uma área interna e um volume muito maior o que aumentaria muito o número de contaminantes dentro e assim dificultaria uma ação eficiente da água sanitária. Os frascos menores a eficiência é bem maior por causa dessa relação área/volume ser pequena facilitando muito a esterilização. Se for possível você trocar os frascos vai ser mais interessante.
      No mais, se tiver mais alguma dúvida pode perguntar a vontade que terei o prazer em tentar ajudar. No mais, uma boa sorte e até a próxima!

      Excluir
    2. blza valeus pela dica, aki na minha cidade nao axei esse pote igual o seu no video aki eles sao muito mais muito pequeno nao sao parecido com esses seu do video mais vo procura bem por aki de resto valeus abraço

      Excluir
  9. Estanislau Minkiewicz Filho2 de agosto de 2012 21:26

    olá adrew , boa noite . estou postando pela primeira vez e seu blog , e , gostei muito de sua dedicaçao às orquideas , juntamente com as pessoas que te procuram com muitas duvidas , parabens ! lógico , tambem tenho um problema com orquidea rsrs .. possuo uma orquidea tigre de 4 anos e meio e esta florescendo com 5 pendoes , porém , os bulbos das sementes do ano passado estao se abrindo na parte inferior e, as mesmas estao se soltando e se perdendo. pergunta: éstas sementes se adequam ao sistema indicado por voce no cultivo ? se nao , qual a melhor maneira para armazenar ? grato pela atençao e , saudaçoes ribeiraopretanas .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Estanislau! Obrigado pela visita! Quanto essa orquídea sim o método se adequa para o semeio de suas sementes e o método de armazenamento delas é semelhante as demais. Pode recolher toda essa semente que estão madurando e guardar em um envelopinho de papel e bota num pote na parte de baixo da geladeira e armazenar por mais de 1 ano até o momento em que você quiser semear.
      Bom espero ter te ajudado, mas precisando de mais alguma ajuda é só deixar uma mensagem. Obrigado e um bom cultivo!

      Excluir
  10. ola Andrew.
    meu nome é Rodrigo;
    Achei muito interessante sua tecnica de germinação in vitro.
    gostaria de saber quais as especies de sementes cattleya e phalaenopsis vc tem e se pode me enviar via correios.
    aguardo seu retorno.
    meu e-mail para contato é r.rodrigoluiz@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. GOSTARIA DE AGRADECER PELAS AULAS MUITO BEM EXPLICADAS, E DIZER QUE NUNCA VI ALGUEM EXPOR TANTO SEUS CONHECIMENTOS. ENTRE TANTO, TENHO UMA PEQUENA DUVIDA. EM TODOS OS COMENTARIOS QUE JA VI, FALA-SE EM PERFURAR A TAMPA DO RECEPIENTE E COLOCAR ALGODÃO. NO SEU CASO NAO OBSERVEI ESTE DETALHE. DESCULPE SE ESTE ASSUNTO JA FOI ABORDADO EM OUTRA OCASIAO,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eroni! Obrigado pela visita e quanto ao algodão era muito usado como filtro para evitar o acúmulo do gás etileno dentro do frasco que é altamente prejudicial as plântulas, mas nesses frascos de plástico isso não tem se mostrado necessário já que o etileno não tem se acumulado até então. Espero ter te esclarecido, mas tendo mais dúvidas é só perguntar. até a próxima!

      Excluir
  12. Olá adorei suas dicas... gostaria de saber se vc vende as sementes e caso venda se manda por correio??? Meu e-mail: estter.rios@gmail.com.

    ResponderExcluir
  13. Boa trde!! Realmente estou mim sentindo muito contente de encontrar o blog com as dicas simples e praticas desse pocesso de semeiadura , tinha tentado algumas vezes de realizar o cultivo em vitro com panelas de pressao e esterilizaçao dos meio nos vidros com aquecimento , mas esse metodo e realmente maravilhosa e vai mim dar de novo a vontade de tentar novamente e quem sabe essa vez com maior indiçe de successo . Queria te agradeçer de coraçao , tenho uma colecao relativamente boa de 600 variedades de orquideas e elas são a maior paixao na minha vida junto com minha filha :) se o Dr. quiser gostaria de manter contato com voçe para futuras realizaçoes e experienças. meu email : rotgr2002@yahoo.com ou no Facebook com o nome Rothis Bournias PS . Perdão pela escrita meio errada mas sou da Greçia morando 10 anos aqui nesse lindo pais. Cultivo essa linda planta Orchidea ums 7 anos . Tenho interesse em trocas de sementes se o Dr. possui algumas .. meu amor maior e sobre L.Purpuratas e C. Walkerianas ,Nobilior, Lodigesii . Tendo bastante variedades delas ! Aguardarei teu contato e PARABENS novamente pelo maravilhoso trabalho. Att. Rothis Bournias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rothis! Obrigado pela visita e que bom que gostou do método e do blog! precisando ou querendo conversar é só entrar em contato. Já o tenho adicionado no facebook. Qualquer coisa é só chamar!

      Excluir
  14. olá, Andrew tambem sou apaixonado pelas orquideas e iniciando em apreder mais sobre germinação e essa dica foi excelente, gostaria de saber apos a germinação qual a hora ideal para mudar as mudas do frasco para o substrato? qual seria o substrato ideal para essa muda? desde ja agradeço.

    Ednei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ednei! Obrigado pela visita e quanto ao tamanho para mudar as mudas normalmente é em torno de 1' o que da uns 3cm com bastante raízes o que em geral leva de 1 ano a 1 ano e meio para chegar a esse ponto e o substrato mais usado atualmente é o sfagnum picado com bons resultados, podendo também usar o sfagnum picado com mistura fina de carvão e casca de pinus dando bons resultados também.
      Bom espero ter te ajudo, mas precisando de mais algum esclarecimento é só perguntar. Uma boa noite e uma boa semana!

      Excluir
  15. Olá Andrew, foi de grande ajuda sim obrigado, mas surgiu uma duvida, vc utilizou 3 ml de hidróxido de sódio no meio de cultura e eu gostaria de usar água de coco, quanto devo utilizar 3 ml também?
    Desde já agradeço a atenção, um abraço e ótima semana.

    Ednei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ednei! A água de coco pode ser usada tranquilamente em substituição aos 3ml do hidróxido de sódio, no entanto você vai usar 200ml e então o ideal é quando iniciar a montagem do meio comece primeiro com os 200ml de água de coco e depois faça o resto normalmente completando com a água mineral e só no final já na hora de colocar nos frascos que acrescenta a água sanitária. Espero ter te ajudado mas qualquer outra dúvida é só pergunar. Uma boa noite e até a próxima!

      Excluir
  16. Que bom saber que funciona. Há muito tempo eu buscava algo químico para esterilizar meios. Sempre pensei que a água sanitária mataria as sementes. É revolucionário. Poderia me dizer se já foi testado na cultura de tecidos de outras plantas?

    ResponderExcluir
  17. Olá! sim funciona sim e creio que ainda há espaço para mais aperfeiçoamentos! Quanto a outras culturas não tenho como te dar uma informação oficial e precisa, mas tenho umm amigo de profissão que trabalha com cultura de tecidos e creio que ele já trabalhou cpm algumas coisas parecidas.

    ResponderExcluir
  18. ola muito bom mesmo surgiu uma duvida aki qnto de soda caustica eu coloco na agua para fazer o hidroxido de sodio? grato valeus

    ResponderExcluir
  19. Olá! para fazer uma solução adequada dissolva 40g de soda para 1L de água e depois de bem dissolvido e misturado ai sim pegue 3ml dessa solução e utilize e o restante pode ser armazenado em um recipiente limpo e bem vedado.

    ResponderExcluir
  20. Olá, Andrew! Bom dia! Tudo bem?
    Tenho frequentado muito o seu blog sobre Orquídeas, meus parabéns pelo excelente material que lá possui! Muito esclarecedor mesmo!
    Sou apaixonado por Orquídeas e estou tentando, com base nas suas aulas, elaborar um pequeno cultivo in vitro.
    Preciso saber se todo aquele seu esquema é aplicável no cultivo das orquídeas do gênero Catasetum, já que possuo inúmeras sementes das mesmas? Lembrando que pretendo substituir a soda caustica pela água de coco!
    Se tudo der certo, quanto tempo, em média, leva para se ter as mudinhas?
    Essa mesma pergunta eu enviei no seu facebook, então, se já respondeu por lá, desconsidere essa. Abraço.
    Obrigado.
    Joilson.

    ResponderExcluir
  21. GOSTARIA DE SABER DA VANDA.
    QUANTOS MESES DEMORA PARA MADURAR A SEMENTE?????
    E O TEMPO DO SEMEIO ATÉ QUANTOS DIAS LEVA PARA NASCER???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosa! As vandas vandáceas em geral tem um tempo de maturação longa das cápsulas, variando de 1 a 1 ano e meio aproximadamente o tempo de maturação e para germinação provavelmente entre 3 semanas a 2 meses para sua germinação. Espero ter ajudado, mas qualquer outra dúvida é só perguntar! Até a próxima!

      Excluir
  22. Olá, como conseguir sementes da Phalaenopsis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O processo de polinização das Phalaenopsis é semelhante as demais orquideas Bruno. As vezes elas costumam não pegar, mas a sugestão é que faça da flor mais velha na flor mais nova e vice versa!

      Excluir
  23. Olá, primeiramente queria parabenizar pela página, não só gostei muito, como já até indiquei!
    Estou tentando fazer o crescimento de sementes de orquídeas em um meio de cultura mas, apesar de tentar fazer tudo o mais estéril possível, ainda estou tendo uma contaminação significativa. Será que você poderia me indicar um bom antifúngico (e sua concentração) que eu poderia adicionar ao meio reduzindo um pouco minhas contaminações, mas que não afetasse as sementes e sua simbiose com a micorriza?
    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriel qual o indice de contaminação que está tendo e qual o método que você está utilizando? você está fazendo um método simbiótico ou assimbiótico? Olha geralmente não se utilizam fungicidas em meios de cultura pelos problemas que eles costumam causar as plantas geralmente e sim tenta-se corrigir os possíveis problemas que estejam ocorrendo na execução do método. Para isso é importante tentar identificar onde esteja ocorrendo o possível problema para tentar corrigir.
      Ficarei no aguardo das respostas quanto ao meio e método utilizado e tendo mais dúvidas pode perguntar a vontade. No mais, uma ótima semana Gabriel e até a próxima!

      Excluir
  24. Olá Andrew,a algum tempo vi sua postagen de semeio de sementes, fiz a tentativa e tive ótimos resultados e gostaria de saber se você ja tentou a reprodução caseira por meristema ? e se deu certo?

    Um abraço
    Ednei
    e-mail ednei-pablos@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ednei! ainda não fiz meristema caseiro não é até possível mas bem mais trabalhoso ainda não tive como fazer mas espero em breve poder fazer alguma coisa nessa linha. abração!!

      Excluir
  25. Muito bom seu trabalho parabéns amigo!!!Eu Comprei uma muda de 1 ano de Grammatophyllum speciosum "African" e tenho varias orquidias e vandas agora to querendo aprender a fazer mudas in vitro atarvez de seus videos tenho certeza que vou conseguir e so questão de paciência e tomar os devidos cuidados com limpeza e higiene !!! Gostaria de saber onde tem o Agar agar para venda via loja online pois só achei no mercado livre mais o vendedor e meio enrolado,Sera que tem alguma loja online que venda isto via sedex ou pac!!! Obrigado pela atenção pelas aulas saude e paz amigo fica com deus . e-mail bydjedson@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dj Edson! Obrigado pela visita Obrigado!
      Quanto ao agar agar de fato é complicado de achar lojas virtuais de venda do produto, eu não conheço nenhuma, mas você encontra este produto em lojas de produtos naturais/orientais. é um produto alimentício usado para fazer gelatinas e sobremesas doces e tem o nome de kanten.
      Bom espero que você consiga encontrar e precisando de mais alguma coisa é só entrar em contato. No mais, uma ótima semana e até a próxima!

      Excluir
  26. BOA TARDE EU SOU ALEXANDRE. ESTOU COMECANDO A FAZER PLANTIO IN VITRO DAS ORQUIDEAS, VOCES PODERIAM ME AJUDAR MINHA DUVIDA MAIOR É COMO ESTERILIZAR OS FRASCOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alexandre! a esterilização dos frascos depende do método que você estará utilizando. Se for os métodos tradicionais com panela de pressão/autoclave geralmente o tempo varia de 20 a 30min de pressão e já no caso do método com esterilização química com água sanitária o tempo de esterilização é relativo ao tempo em que o meio de cultura leva para esfriar completamente. Tudo vai depender do método. Cada método tem seus próprios protocolos e estes devem ser seguidos na risca.
      Bom espero ter ajudado, mas tendo outras dúvidas é só entrar em contato novamente! No mais, uma ótima tarde e até a próxima!

      Excluir
  27. QUANTO TEMPO MAIS OU MENOS EU POSSO COLHER UMA CAPSULA DE ARUNDINA BAMBUSOFOLIA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a Cápsula de arundina em geral em 2 a 3 meses entra em maturação, portanto deve ficar atento a esse período de tempo começando a romper imediatamente deverá fazer a colheita.

      Excluir
  28. onde eu compro o agar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Pode-se comprar em lojas de produtos naturais chamado também de kanten, mas cuidado que tem alguns que não são feitos para fazer gelatina e não servem. Também pode-se comprar os de uso para laboratório, mas são mais caros e complicados para comprar.

      Excluir
  29. OLA GOSTARIA DE SABER ONDE POSSO ADIQUIRIR OSINGREDIENTES USADOS PARA FAZER O MEIO DE CULTURA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Você compra o meio de cultura pronto no site da BeG www.begflores.com.br e o agar agar você pode comprar em lojas de produtos naturais, lembrando que é para comprar o que é utilizado para fazer sobremesas ou gelatina que também é conhecido como kanten. Os demais ingredientes compra-se normalmente nos supermercados.
      bom espero ter ajudado, para qualquer outra dúvida é só entrar em contato. Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  30. SE VOCEPUDER ME MANDAR ONDE ADIQUIRIR OS INGREDIENTES NO MEU EMAIL FICARIA MUITO GRATO
    jose.edu@almeidamateriais.com.br.
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Você compra o meio de cultura pronto no site da BeG www.begflores.com.br e o agar agar você pode comprar em lojas de produtos naturais, lembrando que é para comprar o que é utilizado para fazer sobremesas ou gelatina que também é conhecido como kanten. Os demais ingredientes compra-se normalmente nos supermercados.
      bom espero ter ajudado, para qualquer outra dúvida é só entrar em contato. Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  31. Olá Andrew, me chamo Sílvia e adorei a sua técnica. Nunca tinha feito e me arrisquei a fazer há 20 dias atrás. Nenhum potinho contaminou, coloquei o meio de cultura meio quente nos potinhos e fechei, ficou maior cheiro de água santiária. Acho que por isso esterilizou bem. A minha dúvida é a seguinte, agora 20 dias da semeadura tem umas micro cobrinhas transparentes crescendo, mas é só isso. Nada de verde, demora tanto assim? Ou será que não deu certo. Depois de quanto tempo começa a emitir raízes? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvia! Geralmente a germinação de orquídeas leva entre 3 semanas a 2 meses para ocorrer e o desenvolvimento inicial é bem devagar mesmo, no início primeiros 3 meses depois que você notar os pontinhos verdes você verá que os pontinhos verdes demoram bastante a desenvolver, dependendo da espécie e geralmente para formar uma planta completa no ponto de sair do frasco leva de 1 a 1,5 anos. Algumas espécies são bem mais rápida, mas de modo geral este é o tempo em que se observa o desenvolvimento.

      Espero ter te ajudado, mas tendo mais dúvidas é só entrar em contato novamente. No mais, tenha um ótimo fim de semana Silvia e até a próxima!

      Excluir
  32. Obrigada Andrew, o negócio é ter paciência, muita. Rssss. Devagar e sempre, é um hobby maravilhoso, quero tentar fazer com meristema, mas ainda não achei ninguém como tu para explicar tão perfeitamente as técnicas. Parabéns e obrigada.

    ResponderExcluir
  33. Patrícia Soares26 de maio de 2013 23:34

    Olá Andrew! Achei no youtube um vídeo de como produzir keikis de Phalaenopsis a partir da haste floral. Gostaria de saber se vc já tentou tal técnica. O vídeo está em espanhol mas não é dificil de compreender. Segue o link:
    http://www.youtube.com/watch?v=NkAO37IPsac&feature=email

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  34. Boa Tarde Andrew! Amo, adoro orquídeas estava procurando métodos de cultivo in vitro, para fazer em casa sem muita parafernália e eis que encontrei seu blog, me ajudou muito, gostaria de agradecer por disponibilizar preciosas informações, vou tentar esta técnica, obrigado de coração!

    Roberta

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. ola samo do club de ciências e estamos criando um orquidário e não temos a nos do grupo queremos ver se você não tem alguma sementeis para aruma para nos se você pode enviar pelo coreio club de ciências é da escola estadual dom Bosco MT nos não temos sementeis e nos que ver se voce pode fazer esse favor para nos se você emtrar em contato o e-mail : marcos_adriano_m@Hotmail.com se precisar nos nos enviamos foto passa bem esperamos contato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos! Tomara que dê tudo certo para o projeto de ciência de vocês!
      Olha eu tenho aqui disponível seria semente da orquídea terrestre Arundina bambusifolia que cresce a sol pleno e tem um crescimento rápido. Se lhes interessar eu posso enviar certo?
      No mais, tenham uma ótima semana e qualquer coisa estou a disposição.

      Excluir
  37. Boa tarde Dr. Andrew
    Gostaria de saber quantos dias levam pra semente germinar
    Obrigado
    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá isso varia de espécie para espécie, mas em geral leva de 2 a 8 semanas para germinar, sendo que a média é entre 3 a 5 semanas para a germinação.
      Espero ter ajudado, qualquer outra coisa é só entrar em contato Paulo.
      Tenha um ótimo fim de semana e até a próxima!

      Excluir
  38. boa tarde,andrew tenho varias orquideas e estou procurando informações de como iniciar o cultivo in vitro,, gostei do seu metodo para fazer em casa, sou iniciante e não sei o como começar,sera q. vc pode me ajudar?pois ficarei muito feliz se conseguir produzir minhas proprias orquideas com sua ajuda.,li todos comentarios fiquei muito feliz por ter achado seu blog.meu e-mail:jr.neia@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosinéia! Obrigado pela visita! Estarei em viagem esses dias agora, mas precisando tirar dúvidas pode entrar em contato através do e-mail do blog, ou qualquer outro meio, inclusive o facebook. Meus contatos se encontram no menu principal do blog e o que estiver ao meu alcance terei o prazer em te ajudar. No mais, tenha um ótimo fim de semana e até a próxima!

      Excluir
  39. Prezado Andrew
    Gostaria de saber se posso usar o agar agar da mix. Segue site: http://www.mariachocolate.com.br/index.php/agar-agar-30g-mix-un.html
    Outra coisa em quanto tempo posso fazer a repicagem das plantinhas para os outros potes? Tem um tempo ou um tamanho que devo seguir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo! Pode sim ele é apropriado para fabricação de gelatinas e outros pratos, portanto é compatível para fabricação do meio de cultura. A única coisa que você precisa verificar qual dosagem será adequada para que ele fique no ponto certo, nem duro demais nem mole demais.
      Quanto a repicagem varia de espécie para espécie mas em geral se pode fazer quando elas já estão começando a emitir aquela ponta verde para cima ou no início do enraizamento e início da formação da primeira folhinha. plantas muito enraizadas ou grandes demais não são muito boas para fazer repicagem. plantas pequenas demais podem dificultar o manuseio, mas a taxa de sobrevivência é alta.
      Geralmente varia entre 4 a 6 meses a repicagem, podendo também fazer 2 repicagens quando necessário.
      Bom espero ter te ajudado, mas tendo outras dúvidas é só entrar em contato novamente. No mais tenha um ótimo fim de semana e até a próxima!

      Excluir
  40. Olá DR Andrew
    Uma colega me deu uma capsula de sementes, porém ela disse que essa planta nunca deu flor, sempre da direto a capsula.
    Eu plantei essas sementes.
    Será que as mudinhas vão dar flores?
    Abraço
    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Paulo você teria fotos dessa orquídea?
      como você fez o plantio das sementes?
      aguardo as respostas. abraços!!

      Excluir
    2. Boa tarde Dr Andrew

      Não tenho fotos, quanto ao plantio, segui o passo a passo de seus vídeos.

      Aproveitando, os híbridos de cattileias podem ser polinizados?

      Abraço
      Paulo

      Excluir
    3. Olá! Sim os híbridos de Cattleyas podem ser cruzados entre si, tanto que hoje em dia existem uma gama infinita de híbridos complexos de Cattleyas envolvendo 3 ou mais gêneros diferentes.
      Bom tendo qualquer outra dúvida é só entrar em contato novamente, no mais forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  41. Olá DR Andrew
    Estou utilizando seu método a quase 1 ano com ótimos resultados.Porem a cada etapa novas duvidas surgem.Moro em Curitiba, PR, e estou com mais de 500 potes em uma sala climatizada (24Graus) , luz artificial (12 horas).e revestida com isopor.
    Duvidas:
    1- Esta sala está correta ou precisa de umidade.
    2- O semeio pode ser feito no mesmo dia do preparo do meio.
    3- Em 2 meses pretendo iniciar o plantil, e não tenho detalhes do procedimento, ou seja tipo de musgo, como acondicionar a planta.

    Se puder me ajudar lhe agradeço.
    Como posso mandar fotos.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eroni! olha vamos por partes:
      1 - quanto a sala está correta sim, pois não tem necessidade de ter umidade externa uma vez q o frasco produz todo um microclima controlado e muito umio fornecento tudo que a plantinha precisa para seu desenvolvimento;
      2 - sim, pode semear no mesmo dia, desde que o meio esteja completamente esfriado;
      3 - sugiro você dar uma lida na postagem aqui do blog referente ao pré cultivo de orquídeas em que eu falo sobre o cultivo dos coletivos e uma boa dica para substratos é o uso do sfagnum puro ou triturado misturado com casca de pinus miuda com carvão ou casca de macadamia miuda com carvão lembrando que a drenagem deve ser bem eficiente também. A postagem se encontra no menu principal na parte do cultivo avançado em baixo da semeadura.
      Outra díca é que antes de abrir os frascos coloque eles no local onde será feito o cultivo os coletivos para iniciar o processo de aclimatização, uma vez que eles estão sendo cultivados em ambiente controlado e fazendo isso o estresse da aclimatização será bem menor. Pode manter o frasco no local do coletivo por mais de 1 mês antes de abrir. Vai ajudar bastante.
      Bom espero ter te ajudado, mas tendo outras dúvidas é só entrar em contato novamente.
      No mais tenha uma ótima semana e até a próxima!

      Excluir
  42. Olá Andrew!

    Gostaria de saber quanto tempo após o semeio já pode ser observado se houve ou não contaminação no meio de cultura?
    Abraço.

    Ass.: Lucinaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucinaldo! A contaminação pode aparecer na primeira semana, na segunda semana ou em fases mais avançadas. Quando ocorre na primeira ou segunda semana geralmente ela está associada a falha de execução do método em algum ponto precisando ser revisto os passos. Quando ocorre em fases mais avançadas é a chamada contaminação tardia q pode ser por causa de afrouxamento da vedação do frasco e entrada de ácaros ou pequenos insetos levando contaminantes. Dependendo da fase em que ocorre a contaminação tardia se as plantas já estiverem bem desenvolvidas com raízes e folhas é possível salva-las tirando do frasco, lavando bem e plantando no coletivo.
      Bom espero ter ajudado, mas qualquer outra dúvida só entrar em contato novamente. No mais, tenha um ótimo fim de semana e até a próxima!

      Excluir
  43. Bom dia Andrew!!!
    Estou tendo sucesso no uso deste meio com sementes, porém quando faço a repicagem, no local onde estão as plantas há contaminação por bacterias, formando um liquido leitoso. O que será que está acontecendo? Sempre antes de coloca-las no novo pote deixo de olho em solução com hipoclorito, mas vejo que não está adiantando.
    Espero que possa me ajudar.
    Obrigado

    Lucas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucas! Você faz a repicagem pelo método indicado aqui pelo Blog? Você usa capela ou ambiente aberto? No caso de ambiente aberto, mesmo que se coloque as mudas na solução de hipoclorito como o frasco é aberto e entra em contato com o ar externo a chance de ocorrer contaminação é grande, mesmo o meio sendo preparado com água sanitária. Para contornar o problema o que é feito de acordo com o método é no momento de fechar o frasco com um borrifador que tem uma névoa bem fina é dar 2 borrifadas com uma solução de água sanitária a 10% dentro do frasco e 2 na tampa e fechar imediatamente. Você está fazendo este procedimento??
      Aguardo a resposta e qualquer outra dúvida pode perguntar também! Abraços!

      Excluir
  44. Oi Andrew!! Estou fazendo exatamente como você descreveu, até dando mais borrifadas as usando ambiente sem capela. O que eu acho estranho é que a contaminação começa sempre no local onde eu coloco as plantinhas, por isso acho que pode ser algo sistemico. Até dei uma borrifada com fungicida, mas como é bacteria, não resolveu. Teria como fazer um meio com antibiotico?
    Obrigado
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Olha você está flambando a pinça 3 vezes antes de transferir as mudas para o outro frasco? ao final de cada transferencia ela deve ficar mergulhada no alcool e entao deve-se repetir as 3 flambagens antes de fazer nova transferencia certo?!
      Outra questão: você está conseguindo usar água sanitária nova? chegou a conferir a data de fabricação da água sanitária utilizada? essa é uma das partes mais fundamentais do processo, pois quanto mais nova a água sanitária maior o sucesso do processo e nova que digo é poucos dias de fabricação, no máximo algumas poucas semanas, 1 ou 2 semanas pois conforme o tempo passa ela vai evaporando e perdendo qualidade.
      Outra questão você quanto transfere as plantas você as coloca no frasco cuidadosamente ou apenas as solta? tente manusear o mínimo possível sempre, basta apenas soltar elas no frasco, mesmo que fiquem deitadas, pois com 1 ou 2 semanas elas já se endireitam e retomam o crescimento.
      Bom espero ter ajudado, mas persistindo a dúvida é só entrar em contato novamente e vamos tentar descobrir o que está acontecendo.
      No mais tenha um excelente fim de semana e até a próxima!!

      Excluir
  45. olá ! eu queria saber duas perguntas se no caso eu fizer o cruzamento entre diferentes tipos de dendrobiun quanto tempo demoram para elas nascerem?
    quanto tempo demora até a primeira florada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ma Th! No caso os Dendrobiuns existe uma gama de espécies e híbridos muito grandes, tanto que eles são divididos em grupos e alguns de alguns grupos não cruzam com outros de outros grupos e o tempo de crescimento também vária muito. Por exemplo o Dendrobium antenatum é uma planta de crescimento rápido em que assim que polinizou em torno de 4 a 5 meses ou menos suas cápsulas estão maduras prontas para colher. Em frasco eles germinam entre 2 a 5 semanas e em 6 meses em média já saem do frasco, e com mais uns 2 a 3 anos de cultivo possívelmente já florescem. Outros como o Dendrobium spectabile é bem mais lento, sua cápsula leva mais de 7 meses para amadurecer e é uma planta muito lenta para desenvolver. demorando bem mais de 6 a 7 anos para a primeira floração e os híbridos do grupo dos Dendrobiuns nobiles tem um tempo intermediário de desenvolvimento. Em fim é interessante pesquisar bem sobre os Dendrobiuns que pretende cruzar para então tentar estimar o tempo que possa levar e no mais é observar e ir anotando as datas de casa fase importante desde o cruzamento até a floração.

      Bom espero ter ajudado, mas tendo outras dúvidas é só entrar em contato novamente que terei o prazer de ajudar. No mais tenha uma ótima semana e até a próxima!

      Excluir
  46. Olá Andrew, vou tentar fazer este método com minhas sementes de orquídeas, eu não consegui o Hidróxido de Sódio liquido, que vc diz que é para corrigir oPH, tenho a soda caustica posso misturar na agua e usa-la? ou como devo fazer?
    Grato
    Celso Tasso
    email tasso.tasso@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Celso! Na verdade não é líquido mesmo não, você deve comprar o hidróxido de sódio em escama ou a soda caustica em escama e então a partir dela vc fará a solução de 40g/L que será utilizada depois para correção de ph do meio.

      Bom espero ter ajudado, mas tendo outras dúvidas é só entrar em contato novamente. Até a próxima!!

      Excluir
  47. Bom dia Andrew,
    Sou engenheiro Agrónomo, ir é omito encontrar o colega da área que tem a mesma paixão por cultura de tecidos, estou no momento testando essa técnica em outras plantas, principalmente essenciais florestais da amazonia para testar sua eficácia, posteriormente estarei postando as fotos do trabalho, só estou alterando um pouco o procedimento, pois estarei usando auto clave para esterilizar a vidraçaria, mas a esterilização do meio será com hidróxido sódio, a agua sanitária alterar o ph em quanto?.
    também estarei usando outro meio de cultura usarei o MS, vamos ver o que vai acontecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom! está de fato é uma área bem gratificante de se trabalhar.
      No caso no meio de cultura a esterilização por autoclave ou panela de pressão é substituida de fato pela esterilização química do hipoclorito de sódio. No caso o NaOH tem apenas a função de correção do ph levando o ph para as condições de 5,6 a 5,9 que são as faixas de PH usadas normalmente para germinar sementes de orquídeas, variando de acordo com a espécie. no caso quanto ao meio de cultura, como é usado o meio SUPRIMENTO neste método que é um meio basicamente de sais minerais sacarose carvão ativado o uso com o meio MS que já contem algumas vitaminas deve ser avaliado em questão do uso do hipoclorito se ocorrerá alguma reação adversa, qual ph o meio ficará sem adição de água de coco ou hidróxido de sódio para então determinar qual dosagem de hidróxido de sódio deve ser adicionada para a correção do ph.
      Outra coisa é que a água sanitária é termolábel, se for adicionada no meio e ir para a autoclave ela perde sua eficiencia e evapora, tanto que no método original ela só é adicionada quando o meio já esfriou o suficiente para ir para os frascos e assim ela faz toda esterilização do volume do frasco conforme vai evaporando.
      Bom qualquer coisa querendo conversar mais sobre o assunto é só perguntar mais por aqui ou adicionar no facebook ou por e-mail também. No mais forte abraço e boa sorte com o cultivo!

      Excluir
  48. boa noite Andrew vc falou muita coisa interessante sobre a cultura em vitro e a cultura utilizando a simbiose vc teria algo a informar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! infelizmente muito pouco. Pois, a semeadura simbiótica é pouco usada primeiro pela dificuldade na manipulação das micorrizas e segundo pois não existem ainda bons métodos ou eles são poucos difundidos. Tem uma receita antiga, mas é pouco eficiente que é preparar uma massa com tomates e pedaços de raízes da planta mãe e pincelar uma placa de xaxim, posteriormente polvilhando as sementes por cima e mantendo em um ambiente úmido.. Dependendo pode germinar bem, mas depois morre muitos seedlings,

      Bom qualquer outra dúvida é só entrar em contato novamente. Forte abraço e uma ótima semana!

      Excluir
  49. Boa tarde Andrew, fiz o processo de semeadura a 15 dias 1 fungou apenas 1 potinho. Já havia feito com panela de pressão e capela, mas o método exposto por você é muito mais simples e com bom resultado. Tenho uma dúvida com relação a polinização de denphal e catasetum, tenho algumas mas não consigo fazer semente, tem algum processo diferente das demais?
    Obrigado,
    Mário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mário! Olha a polinização dos denphals são semelhante aos demais Dendrobiuns sem grandes complicações, aluns podem ter mais dificuldades em aceitar o self q outros, mas varia de planta para planta. No caso dos Catasetuns como eles produzem as flores femininas e masculinas separadamente é necessário q se tire a polinea das flores masculinas, que são as flores principais e mais bonitas q definem a espécie e colocar nas flores femininas que geralmente são maiores, tem o labelo em forma de saco e sao mais esverdeadas. Eh bom tentar fazer eles darem flores femininas para então colocar as polineas. Dê uma olhada sobre a postagem sobre catasetineas aqui no blog no menu em dicas de cultivo, depois cultivo avançado e por fim cultivo de generos específicos e tendo qualquer outra dúvida é só entrar em contato novamente. Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  50. BOA NOITE - EU TENHO UMA CAPSULA DAQUELA ORQUÍDEA SAPATINHO DE BONECA, POSSO FAZER A GERMINAÇÃO IN VITRO TAMBÉM. É O MESMO PROCESSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! É Me diga, é a Olho de Boneca ou é a Orquídea Sapatinho?

      Excluir
  51. Olá Andrew,

    Estou com 500 sementes de Cymbidiuns, são 25 cores. Gostaria de saber se esse meio de cultura que nos oferece através dos vídeos servem para essa espécie.

    As sementes foram importadas da China e quero correr o mínimo risco de perdê-las.

    Se você tiver outras sementes de outras espécies, gostaria de adquirir, estou montando um pequeno orquidário, visando lucros a longo prazo. E-mail: nalcara@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nestor! Olha o método serve sim para sementes de cymbidiuns, porém tenho uma notícia não muito animadora para você. Essas sementes que você comprou não são de Cymbidiuns e se você já as recebeu, irá notar que elas são grandes e as sementes de orquídeas são um pózinho. Esse site eu conheço bem, ele vende de td e no caso das sementes, infelizmente se trata de um golpe e você foi lesado por eles. Não é o primeiro caso que eu vejo, mas posso lhe dizer que sementes de orquídeas não são comercializadas e não devem, primeiro, por serem muito pequenas e muito diversificadas em forma, o q dificulta a padronização, segundo que caa espécie tem um tamanho de cápsula e número de sementes diferentes o que dificulta mais ainda a padronização, terceiro que elas são muito perecíveis, se não armazenado corretamente, o que inviabiliza sua comercialização, portanto não é possível e nem é ético a comercialização de sementes de orquídeas e as únicas maneiras de as conseguir é fazendo a polinização das matrizes ou por trocas e doações.
      Bom, espero ter ajudado, mas tendo mais dúvidas é só entrar em contato novamente. Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  52. Obrigado Andrew.

    As sementes já estão germinando. Paguei por elas R$ 50,00 e o fato delas estarem germinando é sinal que fiz a coisa certa. Investi pouco dinheiro, pensando nisso (que tipo de semente virá?) Se for de cymbidiuns ou não, o tempo dirá. São 25 cores e vieram em embalagens individuais com suas respectivas fotos.

    Estive observando no dia de ontem 12/08 e um dos potes contaminou com fungos, pequena mancha branca, semelhante aquela imagem que você colocou acima. Devo deixar como está, ou abrir e remover a mancha?
    Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nestor! Bom vc teria fotos dessas sementes? Provavelmente são sementes grandes bem maiores q sementes de orquídeas q são muito miúdas e são impossíveis de contar. Mesmo sendo sementes grandes de outras plantas elas também germinam em meio de cultura normalmente.
      Agora quanto ao frasco contaminado, esse não tem muito o que se fazer. Quando contamina é um frasco perdido mesmo, pois ele inviabiliza o meio de cultura.

      Bom, espero ter ajudado, mas se tiver as fotos das sementes poderia lhe dizer com mais certeza se são ou não e qualquer outra dúvida estou a disposição.
      Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  53. Hola andrew, quisiera saber que clase de agua sanitaria usas ya que en mi pais hay de 60gr cl/L y 25gr cl/L?
    Excelente tu trabajo

    ResponderExcluir
  54. Hola Andrew, hay alguna formula casera de medio de cultivo que hayas usado que no sea la de B&G para la gente que no la pueda conseguir?
    He probado con tiamina y leche de coco (que viene en tetra-bric por 200ml),fertilizante, azucar y agar agar. Hace 5 dias y todavia no se contamino pero no se si germinaran las semillas. Espero que funcione!!! Slds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juanmy! esta receita que você está fazendo parece bem interessante. Tenho a receita do meio BeG que é parecida e fácil de preparar. A receita está na apresentação do workshop que apresentei sobre o assunto e está disponível para download neste link aqui.
      https://docs.google.com/file/d/0B53CxauMMEFsdjdLSTVuZ3VpWVk/edit
      Espero ter ajudado, mas tendo outras dúvidas é só perguntar. Abraços e até a próxima!

      Excluir
  55. Olá Andrew! Boa noite! Fiz a minha primeira semeadura in vidro, segui o seu método, usando os mesmos produtos que você usa,o meio de cultura da BeG,e o agar agar kanten, colhi as sementes no dia 08/02 e fiz a semeadura em 15/09, e hoje 04/10 percebi que dois dos potes ficaram com uma aparência estranha, como se fosse parafina na superfície, a minha dúvida é será que foi por não esperar o período de descanso das sementes que seria de um ano, ou eu posso semear assim que colher as sementes? Será que vai acontecer o mesmo com os outros potes daqui pra frente? Desde já muito agradecido.
    Um forte abraço! Antonio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antonio! O ideal é que faça a semeadura o quanto antes, pois com o tempo o seu poder de germinação vai diminuindo.
      Quanto a essa aparência estranha ou isso é porque formou um pouco de espuma ao endurecer ou então o meio pode ter contaminado. Caso o meio contaminou será um frasco perdido, o que é comum quando se faz uma leva de frascos, mas o importante é que as contaminações fiquem bem baixas, mas caso fique alta aí precisa rever o que foi feito e se teve algum erro e tentar novamente, até para adquirir mais prática no assunto e ficar craque!
      Bom, espero ter ajudado, mas tendo mais dúvida é só perguntar. Forte abraço e até a próxima!

      Excluir